ricardo-coutinhoNatural de João Pessoa, Ricardo Vieira Coutinho tem 52 anos. Filho do casal Coriolano Coutinho e Natércia Vieira, ele é formado em Farmácia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com especialização em Farmácia Hospitalar na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Tão logo terminou os estudos conquistou, via concurso público, uma vaga de farmacêutico no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa.

O ex-prefeito da Capital paraibana começou na carreira política ainda no movimento estudantil, quando foi presidente do Centro Acadêmico de Farmácia. Em 1984, Ricardo participou do histórico comício das Diretas-Já, no Rio de Janeiro. Foi quando o momento lhe proporcionou a oportunidade de entrar em contato com o movimento sindical.

Ele atuou na presidência do sindicato dos Farmacêuticos e, em 1990, foi fundador do SindSaúde. Na mesma década, fundou também o Departamento de Saúde da Central Única dos Trabalhadores na Paraíba (CUT-PB). Coutinho esteve ainda por duas vezes à frente do sindicato dos funcionários da UFPB.

Trajetória Política

Ricardo Coutinho foi eleito vereador de João Pessoa pelo Partido dos Trabalhadores (PT) por duas vezes, em 1992 e em 1996. Para o segundo mandato, em 96, obteve 6.917 votos, conquistando o primeiro lugar naquela eleição, registrando o maior número de votos até então recebidos por um vereador na Capital.

Em 1998 candidatou-se a deputado estadual, sendo o mais votado em João Pessoa. Em 2002, ainda pelo PT, foi reeleito com o maior número de votos do pleito: 47.912. Na Assembléia Legislativa do Estado da Paraíba (AL-PB), Ricardo Coutinho foi presidente da Comissão de Saúde em dois mandatos.

No início do ano de 2004, sofrendo pressões e embates dentro PT, Ricardo deixa a legenda para se candidatar a prefeito da João Pessoa pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), vencendo as eleições com cerca de 65% dos votos da população pessoense.

Em 2008, ele se candidata à reeleição e, novamente, é conduzido ao cargo de prefeito da Capital paraibana. Neste pleito, ele obteve 262.041 votos, o equivalente a 73,8% do eleitorado.

Em 2010, foi eleito governador da Paraíba com a maior votação da história, com 1.079.164 votos.

Prêmios recebidos por Ricardo Coutinho à frente da Prefeitura de João Pessoa

Prefeito Amigo da Criança (2005-2006 e 2007-2008) – Na Paraíba, além de Ricardo Coutinho apenas outros dois prefeitos receberam a comenda, que foram os gestores dos municípios de Patos e Poço Dantas.

Prêmio ‘Municípios mais Dinâmicos do Brasil’ (2008) – conferido pelo jornal paulista Gazeta Mercantil às 27 cidades que alcançaram melhor desempenho e potencial de crescimento daquele ano. A Capital paraibana foi eleita por ter obtido a melhor performance entre os municípios do Estado.

Prêmio ’10 Melhores Práticas de Gestão para o Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe’ (2007) – conferido pela Fundação Habitat, com sede na Colômbia. A Prefeitura de João Pessoa foi premiada por ter conseguido reduzir o consumo de água nos órgãos municipais, através do projeto “Operação Respeito”. O projeto foi indicado pelas Nações Unidas Internacional e pelo programa LAC SURF, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que trabalha com aspectos da governabilidade em países da América Latina e Caribe.

Prêmio “Excelência Administrativa do Nordeste” (2007) – Pesquisa organizada pelo Instituto Brasmarket realizada em todas as Capitais brasileiras elegeu o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) como o melhor do Nordeste naquele ano. Ele também ficou no ranking dos cinco melhores prefeitos do País. A iniciativa de premiar os melhores gestores do Brasil foi organizada pelo Diário do Comércio e Indústria, o Instituto Brasmarket e o Portal IG, todos do Estado de São Paulo.

Prêmio ‘Gestão democrática voltada para o desenvolvimento sustentável’ (2007) – conferido pela Fundação Mundial Harmonia, ligada à Organização das Nações Unidas (ONU). O prêmio foi entregue em Viena, Capital da Áustria em junho daquele ano. Apenas 11 cidades em todo o mundo receberam a certificação e a Capital paraibana foi a única no Brasil a receber o prêmio. O reconhecimento foi dado depois de uma avaliação nos aspectos gestão ambiental, qualidade de vida, transparência administrativa, participação popular e respeito à cidadania.

Prêmio Prefeito Empreendedor (2006) – recebeu o título em nível regional, concedido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) devido a criação do Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios (Empreender-JP). A premiação é concedida aos gestores municipais que se destacaram com projetos de inclusão social e econômica.

Título de Administrador Público do ano (2005 e 2006) – o prêmio conferido pelo Sindicato dos Administradores da Paraíba (Sinap) e pela Federação Brasileira dos Administradores (Febrad). O título é um reconhecimento do trabalho realizado por gestores públicos, cujas administrações são pautadas na honestidade, transparência, equilíbrio financeiro e obras realizadas em benefício da coletividade.

Linha do tempo

1960 – Dia 18 de novembro, nasce Ricardo Vieira Coutinho, em João Pessoa/PB.

1977 – Passa em 1º lugar geral no vestibular da UFPB para o curso de Farmácia.

1978 – Ingressa no curso de bacharelado em Farmácia, da Universidade Federal da Paraíba.

1984 – Participa do histórico comício das Diretas-Já, no Rio de Janeiro, onde entra em contato com o movimento sindical.

1986 – Inicia especialização em Farmácia Hospitalar, pela UFRJ.

1990

– Funda o SindSaúde;

– Candidata-se a deputado estadual pelo PT.

1992 – Filiado ao PT, elege-se vereador de João Pessoa pela primeira vez com 1.381 votos.

1996 – É reeleito vereador com 6.917 votos, obtendo o maior número de votos do pleito.

1998 – Ricardo é candidato a deputado estadual, sendo o mais votado em João Pessoa e obtendo em todo o estado 25.388 votos. Na Assembléia Legislativa, foi o presidente da Comissão de Saúde em dois mandatos.

2002 – É reeleito deputado estadual, obtendo 47.912 votos, sendo o mais votado do pleito.

2003 – Ricardo Coutinho deixa o PT por problemas internos e ingressa no PSB.

2004 – Elege-se prefeito de João Pessoa em 1º turno com 215.649 votos (64,45% dos votos válidos).

2005

– Toma posse como prefeito de João Pessoa;

– Recebe o título de Administrador Público do ano, conferido pelo Sindicato dos Administradores da Paraíba (Sinap) e pela Federação Brasileira dos Administradores (Febrad);

– Recebe o título de Prefeito Amigo da Criança (2005-2006).

2006

– Recebe o prêmio, em nível regional, de Prefeito Empreendedor (2006), concedido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), pela criação do Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios (Empreender-JP);

– Recebe o título de Administrador Público do ano, conferido pelo Sindicato dos Administradores da Paraíba (Sinap) e pela Federação Brasileira dos Administradores (Febrad).

2007

– Recebe o prêmio “Excelência Administrativa do Nordeste”, eleito como o melhor prefeito do Nordeste neste ano. Ricardo Coutinho (PSB) também ficou no ranking dos cinco melhores prefeitos do País;

– Prêmio ‘Gestão democrática voltada para o desenvolvimento sustentável’, conferido pela Fundação Mundial Harmonia, ligada à Organização das Nações Unidas (ONU);

– Recebe o título de Prefeito Amigo da Criança (2007-2008);

– Recebe o prêmio ’10 Melhores Práticas de Gestão para o Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe’, conferido pela Fundação Habitat, com sede na Colômbia, pelo projeto “Operação Respeito”, que conseguiu reduzir o consumo de água nos órgãos municipais.

2008

– Reelege-se prefeito da capital paraibana em 1º turno, obtendo uma expressiva votação de 262.041 votos (73,85% dos votos válidos);

– Recebe o prêmio ‘Municípios mais Dinâmicos do Brasil’, conferido pelo jornal paulista Gazeta Mercantil às 27 cidades que alcançaram melhor desempenho e potencial de crescimento.

2010 – Renuncia ao cargo de prefeito em 31 de março para concorrer às eleições estaduais de 2010 como candidato a governador.

2011 – Toma posse no dia 1º de janeiro de 2011 como governador da Paraíba

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *